A REDE FEMINISTA E OS RISCOS À DEMOCRACIA E À SAÚDE DAS MULHERES

image description

A REDE FEMINISTA E OS RISCOS À DEMOCRACIA E À SAÚDE DAS MULHERES
24/03/2016

A Rede Nacional Feminista de Saúde Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos, entidade do movimento de mulheres com presença em todo o país, vem a público apresentar seu posicionamento e suas preocupações em relação ao momento atual em que a democracia está em risco.

Verificamos a rearticulação de forças conservadoras para obter retrocessos em relação aos direitos das mulheres – exclusão de gênero nas políticas públicas, criminalização da informação sobre direitos reprodutivos nos casos de violência sexual e um conjunto de projetos no Congresso Nacional que dificultam ainda mais a implementação de políticas públicas que poderiam reverter a situação de vulnerabilidade das mulheres e meninas. Vemos o crescimento de uma epidemia relacionada ao Aedes egypt, o ZikaVÍrus, que ameaça o processo gestacional e afeta gravemente com malformações fetos e futuros bebês devido a microcefalia e outros agravos. E ao mesmo tempo há nítida tentativa de esvaziamento da democracia, de fragilização das instituições políticas e jurídicas.

Nossa entidade tem se pautado ao longo de três décadas de existência na defesa da democracia e do estado de direito, um espaço de cidadania que nos permitiu lutar e conquistar uma série de direitos, como a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher, a Lei Maria da Penha, entre outras, e um ciclo de políticas públicas nascidas do processo de Conferências Nacionais.

Não temos ainda a democracia que queremos, pois as mulheres são absoluta minoria nos espaços de poder e decisão. Ainda morrem por causas evitáveis e pela violência doméstica e de gênero. Entendemos que é preciso ampliar esta democracia, torná-la mais aberta e transparente, e que o modelo de desenvolvimento deve estar mais voltado à desconcentração da renda e numa perspectiva de sustentabilidade social e econômica.

No entanto, nada pode justificar os ataques machistas e misóginos em relação à presidenta da república e ataques a lideranças reconhecidas nacional e internacionalmente.Nada pode substituir o cumprimento fiel do papel das instituições neste momento de extrema gravidade para o país. Não aceitamos a quebra de regras democráticas, condenações sem provas, constrangimento à cidadania e promoção do descrédito na justiça. A quem recorreremos para a defesa de nossos direitos? A quem denunciaremos as violações dos direitos humanos das mulheres? O que sobrará deste país depois de sua destruição enquanto um estado democrático de direito?

Em defesa da democracia, da igualdade de gênero e pelo fim de todas as formas de discriminação, e das políticas públicas que ao longo das duas últimas décadas foram construídas em nosso nome, com a nossa luta, nos posicionamos contra toda e qualquer tentativa de golpe.
Em defesa da democracia e da igualdade, assinamos todas pela:

REDE FEMINISTA DE SAÚDE DIREITOS SEXUAIS E DIREITOS REPRODUTIVOS – BRASIL
Filiada à Red de Salud de lasMujeresLatinoamericanas ydel Caribe

Secretária Executiva:
Clair Castilhos Coelho
Associação Casa da Mulher Catarina – Florianópolis/SC
Secretária Adjunta:
Sheila Sabag
Associação Casa da Mulher Catarina – Florianópolis/SC

CONSELHO DIRETOR
BAHIA
Maria José de Oliveira Araújo
Instituto Mulher pela Atenção Integral à Saúde e Direitos Humanos -IMAIS
Lilian Fatima Barbosa Marinho
Instituto Mulher pela Atenção Integral à Saúde e Direitos Humanos -IMAIS

DISTRITO FEDERAL
Rayane Noronha
Associação Lésbica Feminista Coturno de Vênus
Gabriela Rondon
Anis

MINAS GERAIS
Maria Dirlene Trindade Marques
Movimento do Graal no Brasil
PARÁ
Marta Giane Machado Torres
Fórum de Mulheres da Amazônia Paraense

PARANÁ
Elaine Galvão
Espaço Mulher –
Alaerte Leandro Martins
Rede de Mulheres Negras do Paraná

RIO DE JANEIRO
Maria do Espírito Santo T. dos Santos (Santinha)
Centro de Documentação e Informação Coisa de Mulher

RIO GRANDE DO SUL
Telia Negrão
Coletivo Feminino Plural –
Rosmari de Castilhos
Ilê Mulher

SANTA CATARINA
Vera Lúcia Fermiano
Associação Casa da Mulher Catarina –

SÃO PAULO
Eliane Kalmus
Ponto Focal

Anúncios

Publicado em 29 de março de 2016, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Verdade. Mulher do lar muito humilhada. …preciso de conselho pode me ajudar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: